Frigoríficos começam a suspender abate a partir desta quinta-feira

Frigoríficos de Mato Grosso do Sul começam a paralisar os serviços nesta quinta-feira (24), tudo por conta do protesto dos caminhoneiros pela baixa dos impostos. Os motoristas lutam pelo preço justo nos combustíveis do País que é autossuficiente neste quesito.

De acordo com o Site Região News, além da empresa Seara, que desde a madrugada está com as atividades suspensas, o Frigorífico Balbinos não terá escala de abate nesta quinta-feira.

A indústria abateu na manhã desta quarta-feira (23), 700 cabeças de gado, a carne ficará congelada em câmara fria até que a situação se normalize.

Todos os dias, em média 35 caminhões boiadeiros levam o gado para abate e 15 caminhões frigoríficos levam a carne para os mercadores e consumidores fora do Estado. Na terça-feira (22), segundo dia de protesto, apenas metade das cargas saiu da unidade e provavelmente podem estar paradas em algum dos bloqueios montados pelo país.