Ao fazer “favor”, moradora de Anastácio é presa durante visita em presídio

Tamires Rezende Correia, 31 anos, foi presa na manhã deste domingo (24) após ser flagrada por agentes penitenciários do presídio de Dois Irmãos do Buriti tentando entrar no local com cigarros de maconha. A suspeita ia visitar o irmão Thiago Rezende Correa, 29 anos, vulgo “Zóio” e disse que entregaria os cigarros para Romário da Silva Albuquerque, 26, a pedido de Fabiana da Silva Paim, 39 anos.

De acordo com informações levantadas pelo JNE junto a Agepen – Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário, durante procedimento de revista nos pertences levados pelos visitantes aos internos, encontraram com Tamires 9 carteiras de cigarros de marca comercial. Em análise foi constatado que os maços estavam adulterados e reembalados na parte inferior e os cigarros eram de maconha.

Questionada, Tamires contou aos agentes que as carteiras seriam entregues a Romário, que está no mesmo pavilhão que seu irmão, a pedido de uma visitante, no caso Fabiana, que estaria do lado de fora. Fabiana foi levada para o interior do presídio e confirmou que pediu a Tamires que fizesse a entrega dos cigarros.

Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Dois Irmãos do Buriti, para providências cabíveis, onde terão que se explicar para autoridade policial. Tamires é moradora de Anastácio e seu irmão foi preso por tráfico em outubro de 2018, por equipe da Força Tática junto com  Anderlon Benitez Valdez, 26 anos, conhecido como “Bob Dilan”.