Redação

Oportunidade de viajar por três meses pelos Estados Unidos, fazer a diferença em ações sociais e ainda levar a cultura brasileira para o país anfitrião. Essas são algumas das experiências que terá Mateus de Souza Jeronymo, campo-grandense escolhido para participar do Programa Jovens Embaixadores no próximo ano.

Criado em 2002, o Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com organizações públicas e privadas.  O programa tem como alvo alunos brasileiros que são exemplos em suas comunidades, em termos de liderança, atitude positiva, trabalho voluntário, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa.

O jovem Mateus foi escolhido por sua participação num projeto social que atende crianças de 3 a 10 anos, com atividades lúdicas e assistenciais. Para ele, qualquer que seja o projeto social, o simples ato de doar seu tempo a quem precisa é muito recompensador. “É uma experiência incrível e recebo muito mais do que dou. E me sinto muito honrado e extremamente feliz por ter sido escolhido, mas ao mesmo tempo sinto uma grande responsabilidade de representar Mato Grosso do Sul, estado que tanto amo”, enaltece.

O programa é bastante concorrido e recebe candidaturas de todo o Brasil. Durante a primeira semana os vencedores do concurso conhecem a capital daquele país e seus principais monumentos, participam de reuniões com organizações do setor público e privado, visitam escolas e projetos sociais e participam de oficinas sobre liderança e empreendedorismo jovem.

Após a semana em Washington, os participantes são divididos em grupos menores e viajam para diferentes estados nos EUA, onde são recebidos por famílias-anfitriãs, frequentam aulas em escolas locais e interagem com estudantes americanos da mesma idade, participam de atividades de responsabilidade social e cultural nas comunidades e fazem apresentações sobre o Brasil e seu estado de origem.

Foto: Divulgação/Assessoria