por Jhoseff Bulhões

Quando o assunto é jornalismo econômico, Salette Lemos é um dos principais nomes a ser pensado, considerando que a jornalista é uma das pioneiras no segmento e se destaca por ter sido uma das responsáveis pelo primeiro programa de economia da TV brasileira. Salette será a debatedora do talk show que acontecerá na próxima sexta-feira (27) na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), a partir das 8h.

O tema da sexta edição do MS Agro 2015 é ‘Educação – A certeza de um futuro sustentável’. Já tradicional em Mato Grosso do Sul, o simpósio consta na agenda dos produtores rurais como uma oportunidade de atualização e orientação para a tomada de decisões para o próximo ano e, justamente por isso, é realizado no final de novembro. O evento trará especialistas para abordar o reflexo da melhora educacional no País no âmbito econômico e político.

Salette Lemos acredita que o jornalismo econômico evoluiu nos últimos anos, proporcionando  ao público maior identificação com a sua realidade diária. “A grande diferença entre o jornalismo atual e o da minha época é que agora a comunicação permite ao leitor/telespectador uma permeabilidade e possibilita que ele se posicione diante da informação econômica”.

O que a jornalista quer dizer com isso é que existiu um avanço em relação ao economiquês, que nada mais é do que a linguagem sofisticada e de difícil compreensão que o jornalista precisa traduzir ao público em geral. “É traduzir a informação e não interpretar”, afirma Salette.

Em sua trajetória, a jornalista salienta que no início da implantação do jornalismo econômico no País, as pessoas não conseguiam entender o impacto das informações em sua realidade diária. “Nós criamos a prestação de serviço no jornalismo. De que maneira? Produzindo matérias que explicavam, por exemplo, como escolher o melhor financiamento. Desmistificamos a economia, tentando torná-la mais permeável”.

Sobre a nova realidade digital do mundo moderno, Salette vê como uma mudança positiva para a ampliação do alcance do jornalismo econômico no Brasil. “Hoje vivemos no mundo fragmentado, no mundo virtual. Estamos vivendo outra realidade, mais intensa, com mais acesso à informação. Uma verdadeira revolução”.

MS Agro 2015

O seminário tem como missão fomentar a discussão de temas estratégicos para a competitividade do agronegócio de Mato Grosso do Sul. Além disso, tem como objetivo discutir temas estratégicos, questões relacionadas às tendências de mercado e o cenário macroeconômico para o setor. Com carga horária de 4 horas, o evento traz conceituados palestrantes e assuntos pertinentes para incitar o desenvolvimento, a reflexão e a troca de ideias.

O evento é realizado pelo Sistema Famasul e pela Aprosoja/MS, com o patrocínio da OCB/MS – Organização das Cooperativas do Brasil, da Granos Corretora e do Senar/MS – Serviço de Aprendizagem Rural e conta com o apoio do Governo do Estado de MS e da Fundems – Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja. (Com Assessoria)