Avelino Neto

INSPETORALEXANDRESILVAO Ministério da Justiça ainda não agendou a data de posse – solenidade – do novo Superintendente da Polícia Rodoviária Federal – PRF, após designação publicada no Diário Oficial da União, do inspetor Luiz Alexandre Gomes da Silva, 43 anos. Alexandre que até então era substituto, assume em lugar do também inspetor Ciro Vieira Ferreira, transferido para a administração central da PRF em Brasília.

Luiz Alexandre Gomes da Silva, que foi chefe da delegacia de Campo Grande, é policial de berço, uma vez que o pai já falecido, foi delegado da Polícia Civil, inclusive diretor geral da instituição. Alexandre é bacharel em Direito (UCDB), habilitado advogado em exame da OAB, com especialização em Cidadania e Segurança Pública (Uniderp) e ex-aluno da Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso do Sul.

Na PRF, exerceu diversas funções, dentre as quais: Chefe do Núcleo de Apoio Técnico e Jurídico/MS, Chefe da Seção de Policiamento e Fiscalização/MS e Chefe da Delegacia PRF em Campo Grande. No Departamento ocupou o cargo de Coordenador de Controle Operacional do DPRF e também Coordenador-Geral de Operações Substituto do DPRF em Brasília.

Recentemente esteve à disposição durante três anos, do Ministério da Justiça, na Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos no Rio de Janeiro/RJ, atuando como Oficial de Ligação no Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 e como Assistente na elaboração dos planejamentos estratégico e tático integrado de segurança para os Jogos Rio 2016.

Atuou também no auxílio das atividades estruturantes da SESGE, apoiando a execução das ações da Diretoria de Operações na Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014. Retornou em julho do ano passado para Mato Grosso do Sul, como Superintendente Regional Substituto e agora está designado Superintendente Regional com a publicação da portaria no DOU há uma semana.