O setor está em franco crescimento em Mato Grosso do Sul e entre janeiro e abril o setor industrial de Mato Grosso do Sul acumulou a abertura de 901 vagas de trabalho. Os dados foram copilados pelo Radar da Federação das Industrias do estado (Fiems) e divulgados na quarta-feira (1º).

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, somente no mês de abril, foram criadas 572 vagas, sendo o melhor desempenho registrado nos últimos 26 meses.

Contudo no acumulado do ano, nos últimos 12 meses, houve um decréscimo, revela Resende. “Quando são considerados os últimos 12 meses, o saldo segue negativo com 7.823 vagas encerradas na indústria estadual”. Mas, o coordenador afirma que considerando todos os setores da economia estadual, no mês de abril foram abertas 919 vagas, enquanto no acumulado de janeiro a abril o resultado aponta a criação de 2.530 postos de trabalho. “Nos últimos 12 meses a situação é completamente diferente, com o fechamento de 11.292 vagas no mercado de trabalho”, destaca.

A Fiems revela também que o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou abril de 2016 com 126.399 trabalhadores empregados, indicando crescimento de 0,39% em relação a março. “Com esse desempenho a indústria segue com o 3º maior contingente de trabalhadores formais do estado”.

Atualmente, a atividade industrial responde por 19,6% de todo o emprego formal existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do setor de serviços, que emprega 191.832 trabalhadores e participação equivalente a 29,8%, e da administração pública, com 130.378 trabalhadores ou 20,2%.