Por Nicodemos Alencar

Com a chegada das férias escolares em julho, o que é diversão para os filhos pode ser o começo de preocupação para os pais, devido ao aumento nos gastos e alteração na rotina diária, modificada para ocupar o período antes tomado pelo colégio. Para driblar a crise, muitos pais apelam para programas “caseiros” dos filhos como assistir filmes e comer pipocas com colegas em casa e evitar gastos excessivos que pode comprometer ainda mais o orçamento familiar. (Matéria completa no JNE de amanhã).