Por Nicodemos Alencar

Em junho, as companhias aéreas registraram queda de 5,9% na demanda por voos domésticos em relação a junho de 2015, considerando o número de bilhetes vendidos, trecho percorrido e descontos de ocupação pela tripulação, cortesia e gratuidades. Foi a décima primeira queda consecutiva, no pior resultado para um mês de junho desde 2012, segundo informou a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). (Matéria completa no JNE de amanhã)