A organização humanitária – Médicos Sem Fronteiras (MSF) divulgou nesta quinta-feira (21), relatório onde mostra que patentes farmacêuticas impedem a redução de preços dos tratamentos modernos de HIV (sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana).

De acordo com o documento, o preço mais baixo da terapia de resgate é de US$ 1.859 por pessoa ao ano, 18 vezes o preço do tratamento de primeira linha e mais de seis vezes o valor mais barato do que o de segunda linha.

 

Matéria completa, amanhã no JNE.