Avelino Neto

OUTRODOSEXECUTADOS    PRESUNTOCom a constatação de que os dois homens executados a tiros nesta sexta-feira (12) no Bairro Nova Lima eram envolvidos em diferentes crimes, principalmente um deles usando nome e documentos falsos, a polícia trabalha em diferentes direções na apuração do crime. Embora a principal seja esclarecer o duplo homicídio, são investigadas as atividades e ligações da dupla, diante da possibilidade de terem cometido crimes.

Inicialmente identificado como Cristóvão Alves de Almeida (35), uma das vítimas na verdade se trata de Magno Gauber Guimarães (32), autor de homicídio, tráfico de entorpecentes e que estava com mandado de prisão. O caso é investigado pelo 2º DP, a cargo do delegado Weber Luciano Medeiros.

Magno foi morto ainda no volante do Fiat Uno ocupado pela dupla, sendo que seu passageiro, Ailton Marcio Oliveira Ferreira (32), ainda tentou correr trocando tiros com os matadores, mas morreu na construção onde tentou se esconder. Os autores do duplo homicídio cometido na Rua Randolfo de Lima, e que estavam em uma motocicleta ainda não foram identificados e, com base nos antecedentes das vítimas, a polícia define o caso como vingança ou acerto de contas. No local do crime a polícia apreendeu pistolas calibre 9 milímetros e 380, supostamente uadas pelas vítimas.