Uma equipe da Guarda Municipal de Dourados prendeu na noite desta segunda-feira no terminal rodoviário da cidade, dois homens portando uma droga supostamente 50 vezes mais forte que a maconha. Confirmada a substância, é novidade nos mercados consumidores da Europa e Estados Unidos.
A apreensão ocorreu por volta de 21h30 quando os guardas suspeitaram dos indivíduos inquietos e bastante sujos aguardando o ônibus em que deixariam a cidade. Os homens foram abordados e descoberto que estavam portando a droga chamada Wax, derivada da maconha, mas com poder alucinógeno 50 vezes maior que cannabis sativa lineu.
Foram presos Pedro Machado dos Santos (31), o “Turista” e Gabriel Oliveira Vargas dos Santos (19), o “GB”, ambos moradores na Tijuca, no Rio de janeiro. Ao ser interrogado Pedro Machado diz ter comprado a droga em Ponta Porã e ter trazido até Dourados introduzida no anus, mas negou se tratar do Wax.
Ele alega se tratar de um novo tipo de haxixe, com a adição de gás butano, o que torna a droga mais poderosa. Após a retirada da embalagem do “mocó” a dupla foi encaminhada para a delegacia do 1º Distrito Policial de Dourados, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Apesar de a dupla negar se tratar do Wax, exame preliminar confirma realmente se tratar do novo entorpecente, o que faz a polícia entrar em estado de alerta maior na região.