Avelino Neto

Sob administração da CCR MSVia, a BR-163 está mais uma vez totalmente interditada, desta vez na altura km 93, no município de Itaquiraí, em razão de desmoronamento de talude (lateral de aterro) ocorrido na manhã de sexta-feira (4). A concessionária da rodovia recomenda aos motoristas que busquem caminhos alternativos para acessar a região. Uma opção indicada é pegar a saída em Caarapó, na altura do km 209 da BR-163, percorrer a MS-156 até Amambai/Tacuru, pegar o acesso à MS-295 até Iguatemi e, em seguida, retornar à BR-163/MS no km 41, em Eldorado.

Outro caminho é a saída em Naviraí, no km 104 da BR-163, percorrer a BR-487 até Porto Camargo na divisa com o Paraná e seguir pela PR-487 indo para Alto Paraíso/PR. O motorista deve dar continuidade ao trajeto pela PR-485 até o município de Casa Branca, Paraná, onde acessará a BR-182 até a cidade de Pérola, regressando à PR-485 até Cafezal do Sul e por fim, seguir pela PR-323 até Guaíra. Esses trajetos estão sendo veiculados nos Painéis Eletrônicos de Mensagens Variáveis Fixos e Móveis, dispostos ao longo da rodovia, além do Disque CCR MSVia, que atende gratuitamente, inclusive ligações de celulares, pelo telefone 0800 648 0163.

Motoristas

Já motoristas ouvidos pela reportagem, explicam que quem estiver trafegando por Campo Grande por exemplo, rumo ao Paraná, o mais prático e barato é seguir para a BR-267 a partir de Nova Alvorada do Sul e dali para Bataguassu e logo após entrar em São Paulo seguir para o Paraná. A  mesma sugestão cabe para quem está em Dourados que pode seguir via Nova Andradina, inclusive livrando praças de pedágio.