Avelino Neto

cabriteiro cabine250-1Policiais da Defron – Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Fronteira, prenderam nesta sexta-feira (4), André Luís de Araújo Rauzer (30), morador no Assentamento, atualmente distrito Itamaraty, em Ponta Porã. Ele transportava em uma caminhonete com placas do Paraguai, quase duas toneladas de maconha, e usando o estilo Cavalo Doido.

A abordagem ocorreu próximo ao Posto Fiscal Aquidaban na MS-164, durante bloqueio policial onde o condutor da caminhonete  Ranger azul com placas paraguaias, ao ver o bloqueio fez o retorno na rodovia fugindo rumo a Ponta Porã. Os policiais da Defron fizeram o acompanhamento por cerca de 3 km, sendo que o condutor abandonou o veiculo e tentou fugir correndo para uma mata, mas foi alcançado e contido.

Em vistoria ao veiculo foram localizados na carroceria e nos bancos traseiros, 1.782 tabletes de maconha que totalizaram 1.903 quilos da droga. André relatou que pegou a droga no estacionamento de um Shopping no Paraguai e que levaria ate Dourados, deixando em um posto de combustíveis para que outro motorista assumisse o transporte.

André Luíz contou que é acostumado a fazer essa rota e se intitulou um especialista em cabriteiras, que são rotas utilizadas para tentar fugir da fiscalização policial. Relatou ainda que já fez mais de 15 viagens recebendo R$ 3 mil em cada uma delas. O caso foi registrado como Trafico Internacional de drogas na Policia Federal de Ponta Porã.