Avelino Neto

pffalsa-1 Uma camionete foi plotada como se fosse uma viatura policial para enganar a fiscalização. Após ordem de parada o motorista fugiu e abandonou a camionete com uma tonelada de maconha e coletes balísticos. Por volta de 21h deste sábado (12), equipe da Polícia Rodoviária Federal em fiscalização durante Operação Proclamação da República em Água Clara, na BR 262, em Água Clara, suspeitaram de uma camionete L200 Triton com adesivos policiais semelhantes aos utilizados em carros da Polícia Federal.

Na Unidade Operacional da PRF em Água Clara outra equipe avisada da suspeita determinou a parada do veículo, mas não foi obedecida. O condutor da camionete fugiu em alta velocidade por aproximadamente cinco quilômetros, acabando por atravessar a cerca de uma empresa às margens da rodovia e só parou em razão do terreno acidentado. Um homem, condutor do veículo conseguiu descer e fugir a pé em meio a uma plantação de eucaliptos. Na cabine e na carroceria do veículo estavam centenas de tabletes de maconha em fardos. Apesar de buscas, o “federal” motorista ainda não foi localizado.

Em meio ao carregamento de drogas estavam dois coletes balísticos com capas táticas semelhantes aos utilizados por policiais. O veículo tinha placas de Brasília/DF, mas eram “clonadas”, pois outros elementos de identificação do veículo apontaram se tratar de uma camionete com registro de furto/roubo ocorrido na cidade de Uberlândia/MG no dia 4 de outubro deste ano.