Figurinista decide não processar José Mayer após acusar o ator de assédio sexual

Su Tonani decidiu não levar adiante o inquérito contra José Mayer após acusar o ator de assédio sexual nos bastidores da novela “A Lei do Amor”. Após faltar a três convites e uma intimação na 32ª Delegacia de Polícia, na Taquara, Zona Oeste do Rio de Janeiro, a figurinista capixaba foi à Defensoria Pública do Estado e resolveu não processá-lo. “Considerando as diversas mensagens recebidas originárias desta delegacia visando a possível apuração dos fatos, informa que não deseja representar criminalmente em face de José Mayer”, diz o documento assinado pela defensora pública Arlanza Rebello.

Segundo a Gazeta On Line, ao receber uma ligação de um inspetor de polícia, a figurinista chegou a perguntar se precisava mesmo comparecer ao local. “Eu tenho mesmo que ir?”, questionou a profissional. Em abril, a revista “Veja” disse que Susllem Meneguzzi Tonani não estava disposta a formalizar a denúncia contra o ator, destaque na mídia internacional após a acusação feita pela figurinista em um blog do jornal “Folha de São Paulo”. Su Tonani acusou Mayer de lhe passar “cantadas” e de ter passado a mão nas suas partes íntimas.