Delegado pede prisão preventiva de ladrão reincidente

O delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, Eder Oliveira Moraes, pediu a prisão preventiva de Dion Ellis Barros Cardoso, 23 anos, acusado pela tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira (08) a mesma loja na qual ele efetuou outro assalto no dia 07 de abril deste ano, na área central de Aquidauana.

A autoridade policial falou com a reportagem e disse que é importante que o autor fique preso. “Ele cometeu um assalto no mesmo comércio em abril, inclusive amarrando a vítima e roubando todo o dinheiro do caixa. Ele confirmou o fato disse que voltou pois precisava de mais dinheiro, mas a vítima acabou o reconhecendo e entrou em luta corporal com ele, mesmo o autor portando uma arma branca (faca), o que chamou a atenção de populares que passavam pelo local e acionaram a Polícia Militar”, relatou.

Dado a gravidade do fato, o delegado então representou pela prisão preventiva de Dion Ellis, que vai passar pela audiência de custódia no Fórum de Aquidauana.

O caso

Dion Ellis Barros Cardoso, 23 anos, foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (08) por tentativa de assalto a uma loja feminina na área central de Aquidauana. Segundo a vítima, o ladrão foi o mesmo que assaltou o comércio no dia 07 de Abril, inclusive a deixando com as pernas amarradas.

De acordo com informações da Polícia Militar, a guarnição foi acionada por populares que presenciaram o autor tentando assaltar a vítima na entrada da loja com uma faca. Após a vítima gritar por socorro, Dion Ellis fugiu em direção ao córrego João Dias, sendo seguido por uma testemunha. Quando o ladrão percebeu que estava sendo seguido, jogou a faca no chão e pegou um pedaço de madeira com pregos e entrou no terreno da Energisa, mas foi contido pela testemunha até a chegada da equipe policial.

Dion confirmou aos policiais que foi o autor do primeiro assalto a loja da vítima. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana para providências cabíveis.

“O dinheiro do caixa”

A jovem que não terá a identidade revelada por segurança, conversou com o JNE e contou que está com receio do autor ser liberado na audiência de custódia e não ficar preso. Ela ainda relatou que está com sentimento de revolta, por ter sido vítima do mesmo bandido.

Quando viu o mesmo bandido entrando na loja, viu que se tratava do mesmo do assalto anterior, ele acabou a “encurralando”  e anunciando “pega o dinheiro do caixa, quero o dinheiro”, ela entrou em luta corporal com o homem e ao mesmo tempo gritando por socorro, o que acabou chamando a atenção de quem passava pela calçada. Atitude que fez o ladrão fugir.

“Foi o mesmo que entrou da outra vez, me amarrou e levou o dinheiro do caixa. O meu receio é que de que ele nem preso fique e volte para fazer outro assalto. É uma sensação de insegurança. Trabalhamos honestamente, pagamos nossos impostos e ficamos a mercê de bandidos”, contou revoltada.

Faca utilizada para assaltar loja. Segunda vez que Dion volta ao local.