PM frustra plano de homem que tentava vender moto furtada em site de negócios

Amilton Pereira Alves Júnior foi preso pela Polícia Militar na noite desta segunda-feira (06) no Bairro Universitário, em Campo Grande, por oferecer uma motocicleta furtada em um site de compra e venda de veículos. Remo Júnior Barconi, 44 anos, também foi preso por ter vendido o veículo para Amilton.

De acordo com informações da Polícia Militar, um homem de 34 anos acionou os militares da 10º CIPM, pois ao navegar em um site de compra e venda de veículos, viu que uma motocicleta Honda/CG 125 Fan, placa NRO 1826 estava para venda. Detalhe que o veículo possui as mesmas características da moto em que o comunicante utilizava para trabalhar em uma empresa de entrega de água, mas que o veículo foi furtado em janeiro deste ano.

Policiais Militares da Agência Local de Inteligência (Serviço Reservado da PM) da 5ª CIPM marcaram um encontro com o “vendedor” às 19hs desta segunda. no endereço informado pelo suspeito no Bairro Universitário. Na hora marcada, Amilton chegou com a motocicleta e no momento da negociação, os policiais se identificaram e pediram a documentação do veículo. O homem então disse que teria comprado de um outro morador do bairro.

Os policiais foram com Amilton até a residência de Remo Júnior, que acabou admitindo que vendeu a moto em janeiro, e que teria comprado o veículo de um desconhecido sem qualquer tipo de documentação, mas que o vendedor teria lhe informado que ela estaria apenas com a documentação atrasada. Foi verificado preliminarmente pelos militares que a placa e o chassi tem a mesma numeração do veículo do comunicante, não sendo possível identificar a numeração e origem exata do motor.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão a dupla que não ofereceu resistência. Os dois foram encaminhados Delegacia de Polícia para as providências cabíveis e terão que se explicar para a autoridade policial.  Já a motocicleta foi encaminhada ao pátio da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos – DEFURV para checagem.

Foto: Divulgação/PM