Nova S10 será igual à Colorado, mas reestilização vem antes

A Chevrolet tem planos bem traçados para os irmãos S10 e Trailblazer. Além da linha 2020 do SUV, que mudou a versão LTZ pela Premier, eles terão mudanças visuais em breve antes da chegada da nova geração. Mas há um porém nisso: o Brasil perdeu o posto de um dos cabeça-chave no desenvolvimento de S10 e Trailblazer.

Colorado e S10: uma coisa só

Atualmente, apenas o nós e alguns países latinos vendem a picape média com o nome S10, o restante do mundo usa Colorado. Nos EUA, no entanto, a Colorado é totalmente diferente da S10: algo que será corrigido na nova geração. Os nomes diferentes podem ser mantidos, mas S10 brasileira e Colorado americana terão o mesmo visual.

Com código de projeto 31xx-2, segundo o site Muscle Cars And Trucks, a nova geração da picape média da Chevrolet será apenas uma evolução. É a mesma lógica pela qual passou o Corvette durante três gerações. O design será substancialmente diferente, inspirado na Silverado e global.

O Brasil, por conta das flutuações de mercado e da perda de participação, será deixado de lado no desenvolvimento da nova S10 e Colorado, segundo o site. Assim, Estados Unidos e Tailândia, com ajuda da Austrália, tocarão o projeto com prioridade. O lançamento deve ficar para 2023.

Reestilização

Antes da nova geração, no entanto, tanto a picape S10 quanto o SUV grande Trailblazer serão reestilizados. Flagras dos modelos na Europa mostram que as alterações serão leves, seguindo o que a Ford fez com a Ranger 2020. Mudam para-choques e grade frontal, ao passo que serão mantidos os faróis e a traseira seguirá intacta.

Os novos Chevrolet S10 e Trailblazer reestilizados devem ser lançados em 2020 como linha 2021. Assim, os utilitários da General Motors sobrevivem mais três anos antes da nova geração. É nessa época que é esperada também a estreia da nova geração conjunta de Volkswagen Amarok e Ford Ranger.