Policiais são presos em operação do Gaeco em Aquidauana

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) deflagrou a operação Balcão de Negócios na manhã desta segunda-feira (8), para cumprir mandados de prisão preventiva, temporária, busca e apreensão, em Campo Grande e Aquidauana.

São cumpridos 27 mandados, sendo 12 de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e onze de busca e apreensão nos dois municípios. Equipes policiais cumprem mandados na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana. Fontes do JNE informaram que foram presos Matheus Oliveira, filho da advogada Mary Stela Oliveira (presa em junho, por envolvimento no furto da cocaína na Delegacia de Aquidauana), dois policiais civis da cidade, sendo eles Paulo César Reis, Gil Vasconcelos e o advogado e policial civil aposentado Aires Batista Vilalba, mas não foi confirmado o motivo das prisões. Foram apreendidas munições de calibre 12 dentro do guarda-roupas de um dos presos.

De acordo com o MPE (Ministério Público Estadual), serão cumpridos 12 mandados de prisão preventiva, 04 de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão, contra organização criminosa dedicada a prática do tráfico de drogas, armas e corrupção policial.

O Gaeco não confirma, mas a ação repete o que ocorreu no dia 24 de junho, quando o delegado Éder Oliveira Moraes, 50 anos, foi preso em operação da Corregedoria da Polícia Civil por envolvimento no sumiço de 101 quilos de cocaína da delegacia de Aquidauana. Além dele, mais onze pessoas foram detidas pelo furto da droga na ocasião.

*Matéria editada às 10h20 para acréscimo de informações

Fotos: JNE