Ford demitirá 750 funcionários em julho com o fim do New Fiesta

A Ford anunciou a demissão de 750 funcionários no mês de julho. A decisão da montadora americana se baseia no fim da produção do New Fiesta, que oficialmente se encerrará no dia 31 de julho, embora o modelo não esteja mais disponível no site da marca.

A decisão da Ford gerou revolta na prefeitura de São Bernardo do Campo-SP, que esperava a manutenção dos empregos até a compra da fábrica de Taboão por uma nova controladora. A administração municipal de Orlando Morando criticou a montadora por não apresentar um plano de desmobilização.

Morando criticou a forma como a Ford conduziu a situação, classificando-a como “lamentável” e que entrará com ações jurídicas na próxima segunda (15), devido ao impacto causado pelas demissões. O prefeito Morando disse que a Ford “despreza o município da maneira como trata o assunto. A cidade que sempre ofereceu o melhor de sua infraestrutura e mão de obra qualificada é literalmente atingida”.