Vendas de máquinas agrícolas no Brasil caem 3,4% até julho

 

As vendas de máquinas agrícolas no Brasil diminuíram 3,4% nos primeiros sete meses de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com relatório divulgado pela associação que representa as montadoras (Anfavea) nesta terça-feira (6).

De janeiro a julho, foram negociadas 23,8 mil unidades contra 24,6 mil máquinas comercializadas em 2018.

A venda de tratores está sendo o destaque negativo do ano, com queda de 9,9% na comparação com os sete primeiros meses do ano passado. Já a venda das colhedoras de grãos é a boa notícia do setor, com alta de 13,3% em relação a 2018.

Produção

A produção de máquinas agrícolas caiu 8,1% de janeiro a julho na comparação com o ano passado. Foram produzidas 30,9 mil unidades em 2019 ante 33,6 mil de 2018.

Exportações

As exportações do segmento de máquinas agrícolas e rodoviárias subiram 1,3% nos primeiros sete meses do ano em relação ao ano passado. Foram 7,5 mil unidades negociadas em 2019 contra 7,4 mil máquinas vendidas ao exterior no ano passado.

Em receita, os embarques somaram US$5,92 bilhões, queda de 38,1% ante 2018, quando o faturamento foi de US$ 9,56 bilhões.