Homem de 47 anos é executado horas depois de ter escapado de outro atentado

Atiradores chegaram de moto e executaram a vítima

Viatura policial e testemunhas no local onde a vítima foi executada - Porã News

Pedro Porfírio Pereira Palácio, de 47 anos, o Polaco, foi assassinado a tiros por volta das 18h30 desta quarta-feira (13) em Capitan Bado, cidade paraguaia na fronteira com Coronel Sapucaia. Porfírio já teria sobrevivido a um primeiro atentado, durante a tarde, conforme o Porã News.

Contudo, no período da noite, enquanto estava sentado em frente a uma residência no bairro Obrero, ele foi surpreendido por dois atiradores, que chegaram ao local em uma moto. Ele ainda tentou fugir, mas caiu morto dentro da residência. Os tiros foram de calibre 9 milímetros. A dupla fugiu logo em seguida e ainda não foi localizada.

Agentes da Divisão de Homicídios e investigadores da Polícia Técnica paraguaia foram acionados para a ocorrência e, após fazerem os levantamentos no local, encaminharam o corpo ao IML (Instituto Médico de Odontologia Legal) da cidade.

A vítima trabalhava na fazenda “Timburi”, mas ainda não se sabe o que teria motivado o crime. Também não há mais detalhes sobre a suposta primeira tentativa de morte que o homem teria sofrido durante a tarde desta quarta-feira.

Fonte: Campo Grande News