Durante briga, homem é esfaqueado por travesti e procura ajuda em quartel do Corpo de Bombeiros

Travesti também ficou ferida e procurou ajuda no mesmo local pouco tempo depois. Inicialmente, os dois alegaram que tinham sido assaltados.

Momento da briga foi filmado - Reprodução

Homem de 34 anos que buscou ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros da Costa e Silva, na manhã desta sexta-feira (13), foi esfaqueado por uma travesti. Ela tem 26 anos e também buscou socorro com os bombeiros, mas os dois alegaram que tinham sido assaltados.

Câmera de segurança filmou toda a ação. O homem chega na Rua Thomás Edson na Vila Progresso e senta na calçada. Momentos depois a travesti chega e senta no colo dele e os dois ficam algum tempo conversando. Em determinado momento ele a agride com um tapa no rosto, mas os dois seguem conversando.

Alguns minutos depois, a travesti tira o que seria uma faca da bolsa e começa a esfaquear o homem, que fica gravemente ferido. Segundo os bombeiros, ele sofreu entre 10 a 17 golpes de faca no tórax, abdômen, braços e pernas. Durante o esfaqueamento, o homem também agride a travesti com pancadas e socos.

Esfaqueado, ele vai até o quartel dos bombeiros pedir socorro e é levado por uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a Santa Casa. A travesti foi socorrida por uma viatura dos bombeiros com os ferimentos na mão e também de pancadas na cabeça.

Polícia Militar foi até o local, e o caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Fonte: Midiamax