Polícia prende quadrilha especializada que enviava maconha de avião para outros estados

Foram presos dois homens e duas mulheres

Droga apreendida com os suspeitos, no Nova Lima - Divulgação

Quadrilha especializada no tráfico de maconha para o nordeste foi presa nesta quarta-feira (15) em Campo Grande, no Bairro Nova Lima. Os quatro suspeitos – dois homens de 25 e 27 anos e duas mulheres de 39 e 31 – foram flagrados preparando caixas de ferros com a droga para enviá-las de avião a outras cidades do país.

Os suspeitos foram presos durante investigações da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) em uma casa da Rua Padre Antônio Franco, que era usada como ponto de armazenamento e preparo da droga.

A residência foi monitorada pelos policiais da especializada até um dos envolvidos no esquema ser flagrado chegando no local com uma caixa grande de aço. Dentro do imóvel as equipes encontraram os quatro presos, vários tabletes de maconha pela sala e duas caixas já soltadas, prontas para o transporte.

Ainda foram apreendidos uma balança de precisão e rolos plástico filme que eram usados para embalar a droga. Para a polícia, os quatro confessaram o crime e detalharam que recebem R$ 7 mil para colocar os tabletes em caixas ventiladas, soldá-las e enviá-las de avião para outros estados do país. As que já estavam prontas seriam mandadas para Blumenau, Santa Catarina e Recife, Pernambuco.

Conforme a polícia, ao todo foram apreendidos 394 quilos de maconha. Em Mato Grosso do Sul cada quilo seria adquirido por R$ 300, totalizando R$ 118.200,00. No Nordeste, destino final da carga, a droga estaria avaliada em R$ 2,5 mil o quilo, somando R$ 985 mil.

Fonte: Campo Grande News