Inédito: Aquidauanense disputa a Copa do Brasil em casa

Depois de quase oito anos de espera, a torcida do Aquidauanense terá a oportunidade de ver seu time novamente disputando um jogo de Copa do Brasil. Ao contrário de 2012, porém, quando mandou o duelo contra o Bahia de Feira em Dourados, o time do mesmo técnico Mauro Marino irá jogar em sua cidade, no campo que conhece bem. Azulão e ABC se enfrentam pela primeira fase da competição nacional, nesta quarta-feira (05), às 20h30 (fuso de MS), no Estádio Municipal Mário Pinto de Souza, o Noroeste, que volta a receber um jogo noturno oficial, algo que não acontecia desde 2014.

Atual vice-campeão sul-mato-grossense, o Aquidauanense segue em busca do inédito título estadual e montou uma equipe forte para esta temporada, na qual também terá pela frente a Copa Verde e a Série D do Campeonato Brasileiro. O Azulão da Princesa do Sul conseguiu manter jogadores fundamentais na campanha do vice-campeonato estadual de 2019, como Diego, Jaime, Agnaldo, Jô, Tiziu, e ainda trouxe de volta o prata da casa Keverson, grande nome no primeiro jogo oficial da temporada, no último sábado (01º), diante da Serc. A lista de reforços é grande e puxada por nomes como Otacílio Neto, ex-Corinthians, e Daniel, ex-Vasco da Gama.

A boa notícia para o técnico Mauro Marino é o retorno de dois jogadores que estavam entregues ao departamento médico, o goleiro Dida e o atacante Tiziu. Desta forma, o treinador poderá contar com força máxima para o duelo que, para muitos, é o mais importante da história do clube.

Pela frente, o ABC, um dos gigantes do Rio Grande do Norte, onde já se sagrou campeão estadual 55 vezes, recorde absoluto no futebol brasileiro. Em 2019, porém, não conseguiu o título e ficou com o vice do Campeonato Potiguar, além de ter amargado o rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro, ou seja, é possível um novo encontro com o Azulão ainda este ano. Em 2020, o time vai bem. No último domingo (02), pela segunda rodada da Copa do Nordeste, encarou o clássico potiguar contra o América-RN e triunfou por 2 a 1, recuperando-se da estreia com derrota para o Confiança. O revés diante do time sergipano por sinal, foi o único do Alvinegro na temporada. No turno do Campeonato Potiguar (Copa Cidade de Natal), a equipe tem a melhor campanha e está invicta, com seis vitórias e um empate, o que garante o mando de campo e a vantagem da igualdade na decisão em jogo único diante do rival América-RN.

O grande destaque do ABC é o atacante Wallyson, 31 anos, cria das categorias de base e com passagens por clubes como Cruzeiro e Botafogo. No time mineiro, inclusive, foi o artilheiro da Libertadores de 2011, com sete gols.

Com arquibancadas ampliadas e nova iluminação, o tradicional estádio – no qual o nome homenageia um grande desportista da cidade (in memoriam) e o apelido se dá pela localização na Estrada de Ferro Noroeste do Brasil – está pronto para receber a torcida com conforto. Os ingressos custam R$ 30,00 e R$ 15,00, sendo comercializados no Shopping Barrakech (Sucão do Gil), Pharmacenter, Cia do Tereré, Supermercado Siriema (nos cartões), FM Pantanal 87,9 (nos cartões), Conveniência Ki Festa e nas próprias bilheterias do local do jogo.

O trio de arbitragem da partida entre Aquidauanense e ABC vem de Santa Catarina. Charly Wendy Straub Deretti (FIFA) será a árbitra, auxiliada por Éder Alexandre (CBF) e Eli Alves Sviderski (CBF). Renan Novaes Insabralde (CBF), de Mato Grosso do Sul, trabalhará como quarto árbitro, enquanto Manoel Paixão dos Santos (CBF), também de Mato Grosso do Sul, entrou na escala como analista de campo.

Regulamento

Na primeira fase da Copa do Brasil, com jogo único, o Aquidauanense atua em casa, por ter pior colocação no ranking nacional. Em compensação, qualquer empate dá a vaga ao ABC. A classificação rende R$ 650 mil aos cofres. Deste duelo sai o adversário de quem vencer entre Altos-PI ou Vasco da Gama.

A segunda fase também terá jogo único, mas com a diferença de que os mandos de campo serão sorteados. Em caso de empate, haverá disputa de pênaltis. Nas terceira e quarta fases, o sistema ocorrerá em partidas de ida e volta. Ao final desta última, restarão cinco times para as oitavas de final, que se juntarão aos oito representantes brasileiros na Libertadores (Athletico-PR, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo), ao campeão brasileiro da Série B (Bragantino), ao campeão da Copa do Nordeste (Fortaleza) e ao campeão da Copa Verde (Cuiabá).

A principal diferença do regulamento para as edições anteriores é que, nas oitavas de final, todos os 16 times ficarão no mesmo pote, ou seja, as agremiações representadas na Libertadores, por exemplo, poderão se enfrentar logo de cara. A competição nacional terminará no dia 16 de setembro. O Athletico-PR é o atual campeão.

Texto: Aníbal Placêncio

Foto: Prefeitura de Aquidauana