Netflix reduz qualidade do streaming no Brasil devido à Covid-19

O Brasil vai passar por medidas de redução na qualidade de imagem na Netflix devido à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19). A informação é do Estadão, confirmada pela própria empresa de streaming.

A medida começou a valer no país desde ontem (23) e, no máximo em dois dias, já passa a afetar todos os assinantes em território nacional. O objetivo é uma espécie de racionamento de banda: como há mais pessoas em casa por medidas de isolamento social contra a contaminação, as redes da plataforma corriam o risco de sobrecarga. A própria Netflix apresentou instabilidades nesta segunda-feira.

Tecnicamente, a medida será uma redução na taxa de bits utilizados durante a transmissão. Quem configura o streaming para 4K ou 1080p não deve sentir grandes restrições na resolução, mas “a entrega ainda será na resolução pela qual o usuário pagou”, afirmou ao jornal o vice-presidente de entrega de conteúdo da Netflix, Ken Florance.

Até quando?

As medidas serão inicialmente válidas por 30 dias, mas podem ser ampliadas de acordo com o tempo de confinamento da população no Brasil. O objetivo com a economia é causar uma redução de até 25% no tráfego em território nacional.

YouTube e a Globoplay também já prepararam medidas similares de redução de tráfego por causa do aumento de acessos e consumo de banda. Além disso, a Netflix ainda criou um fundo para ajudar os funcionários financeiramente neste período de pandemia.