Cigarreiro morre em troca de tiros com policiais do Batalhão de Choque

Um indivíduo morto em confronto e grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai foi o saldo de ação de policiais militares do Batalhão de Choque de Campo Grande, nesta quinta-feira (4), na região de Mundo Novo, na fronteira Brasil/Paraguai e divisa com Paraná. Equipe do BPChoque atua na região integrada à Operação Hórus, empregando forças estaduais e federais de segurança.

Um homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi morto durante uma troca de tiros com policiais militares do Batalhão de Choque de Campo Grande. Segundo o site Tempo MS, ele dirigia um veículo Van na MS -386, em alta velocidade, quando foi avistado por policiais na tarde de ontem (4).

Ele não obedeceu aos sinais de parada e empreendeu fuga, sendo perseguido pelos policiais. O suspeito entrou no milharal de uma chácara, abandonou o veículo e saiu correndo. Durante a fuga, ele começou a atirar contra os policiais.

Os militares revidarem os disparos e encontraram o suspeito ferido. Ele foi levado para um hospital de Mundo Novo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele portava documentos do estado do Paraná, São Paulo e Minas Gerais.

Na Van, com placas de Sarandi/PR, os policiais encontraram 50 caixas de cigarro paraguaio, totalizando um total de 2.500 pacotes de cigarro contrabandeados.

Fonte: TopMídiaNews