Professor do ensino fundamental da rede estadual de ensino de Água Clara foi preso, nesta quarta-feira (8), suspeito de estupro de vulnerável, assédio sexual, fornecer bebidas e narguilé a menores de idade e provocar aborto de menor de 18 anos sem consentimento da vítima.

O suspeito, que não teve nome divulgado,  é alvo da operação “Cosme & Damião”, deflagrada na cidade de Água Clara, que visa coibir crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

As investigações já haviam resultado na prisão de outro investigado e afastamento do professor de seu cargo, entretanto, com a suspeita de que ele havia provocado aborto em uma das vítimas sem consentimento, a prisão foi decretada

Segundo informações da polícia, o professor teria feito ao menos 4 vítimas diferentes, todas menores de idade.

Fonte: TopMídiaNews