Atacadão: um dos piores incêndios da história de Campo Grande

Foto: Campo Grande News

O combate ao incêndio que destruiu o supermercado Atacadão da Avenida Duque de Caxias no final da tarde deste domingo (13), em Campo Grande, durou mais de 13 horas. Até às 5h30 desta segunda-feira (140, 360 mil litros de água foram usados para apagar as chamas.

Só isso mostra a dimensão do fogo em comparação com outros desastres do tipo na Capital. Considerado o pior incêndio até ontem, as chamas no Planeta Real, em 2013, consumiram 70 mil litros de água, 5 vezes menos.

Ao site de notícias Campo Grande News, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Fernando Carminatti, explicou que o “confinamento”, que é o controle da propagação do fogo para as residências ao redor do atacadista, foi feito por volta das 23h.

A partir da meia-noite, depois de sete horas de trabalho, as equipes envolvidas na ocorrência começaram um revezamento devido ao desgaste. O combate ao incêndio contou com 53 militares e 14 viaturas.

Segundo Carminatti, até às 5h30 desta segunda, já haviam sido usados 360 mil litros de água no combate ao incêndio. Pouco antes das 7h, um caminhão-pipa da Águas Guariroba chegou ao local.

Ainda não é possível determinar as causas do incêndio e o prédio só passará por perícia após o término dos trabalhos do Corpo de Bombeiros. Porém, segundo o tenente-coronel, informações levantadas com a brigada de incêndio do supermercado apontam que as chamas começaram nas gôndolas de produtos inflamáveis.

Nesta manhã, o trabalho dos militares está concentrado na área dos fundos do atacadista, onde ainda existem focos de incêndio. Uma retroescavadeira está retirando o material queimado do local.

Com a estrutura do prédio comprometida, o trabalho está sendo feito pela área externa.

Foto: Marcos Maluf/Campo Grande News

Infraero e homens do Exército também auxiliaram o combate às chamas no Atacadão da Duque de Caxias. O incêndio fica em frente ao Aeroporto e ao lado dos quartéis, o que facilitou a mobilização desta força-tarefa. 

Fonte: Campo Grande News