Após postagem sobre possível candidatura, MDB denuncia perfil fake de Puccinelli no Twitter

O MDB de Mato Grosso do Sul emitiu uma nota a respeito de uma conta falsa no Twitter em nome do ex-prefeito de Campo Grande e ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli. Na página fake, tem publicações com datas a partir de 2013.

Na última postagem, Puccinelli aparece em uma foto cumprimentando uma pessoa com o ex-senador Waldemir Moka ao lado. “Será que ainda dá tempo de mudar de candidato? ”, consta na publicação.

Em nota, o MDB informa que André Puccinelli não possui conta na rede social Twitter e que está buscando os meios legais para desativar qualquer perfil que busque se passar pelo ex-governador.

No último dia 15 deste mês, com a presença de Puccinelli, o MDB lançou a candidatura do deputado estadual Marcio Fernandes e da ex-vereadora Juliana Zorzo, para disputar a prefeitura de Campo Grande.

No evento, o deputado estadual exaltou o legado do MDB na prefeitura e no governo, comandadas por Puccinelli. “André revolucionou e transformou a prefeitura e o governo. Existe Campo Grande antes do André e depois do André”, afirmou.

Conforme o calendário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as convenções poderiam ocorrer entre 31 de agosto e 16 de setembro, com prazo para registro das candidaturas até dia 26 de setembro.

Nota de Esclarecimento

O MDB destaca que o ex-governador de Mato Grosso do Sul e ex-prefeito de Campo Grande, André Puccinelli, não tem conta na rede social Twitter. O partido já está buscando os meios legais para desativar qualquer perfil que busque se passar pelo ex-governador.

Fonte: Midiamax