A DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) deflagrou, nesta quinta-feira (29), a Operação “Deep Caught 3”, que prendeu quatro pessoas em Campo Grande.

O nome se refere ao trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil no ambiente da Deep Web (locais de difícil acesso da internet) e com a consequente localização e captura de autores de crimes praticados contra crianças e adolescentes.

Durante as buscas, os policiais localizaram materiais contendo pornografia infanto-juvenil. Os acusados devem responder pelo crime descrito no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente).

Os policiais identificaram, ainda, duas posses de arma de fogo de uso permitido.

Segundo a DEPCA, a pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos pelo compartilhamento e de 4 a 8 anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.

Os presos foram levados para a delegacia, onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: TopMídiaNews