Candidata Viviane e seu esposo, o Deputado Estadual Felipe Orro

Servidor da Assembleia Legislativa, de licença da Casa de Leis, foi flagrado comprando votos com cestas básicas, dinheiro e combustível em Aquidauana, em prol da candidata Viviane Orro (PSD). É o que consta em denúncia protocolada no Tribunal Regional Eleitoral e obtida pelo site de notícias TopMídiaNews.

Conforme o documento – que apresenta prints de conversas, áudios e até um vídeo – Marcelo Ortiz estaria tentando obter apoio ilegal para a candidatura de Viviane e o vice Raimundo Firmino Pinheiro. Ele é funcionário da campanha da candidata.

No vídeo (veja abaixo), Marcelo é visto estacionando de ré, inclusive com um carro com adesivo da Coligação ‘Aquidauana Merece Mais’, e deixando cestas básicas na frente de uma residência. Clique aqui para ver o vídeo.

Em prints do aplicativo WhatsApp, Marcelo ainda estaria combinando a entrega de outras cestas básicas. O que configuraria compra de votos, passível de cassação da candidatura e da chapa como um todo.

Ao mesmo tempo que oferece ajuda, Marcelo Ortiz manda santinhos online / foto: reprodução

Ainda conforme a representação eleitoral, Marcelo Ortiz combinaria a entrega de R$ 100 a eleitores, além da distribuição de gasolina. Até conta de água ele oferece pagar para eleitores.

Ortiz é servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (veja imagem ao fim deste material), onde atua o deputado estadual Felipe Orro, esposa da candidata Viviane, supostamente beneficiada pela prática. Em contato com a redação do TopMídiaNews, Ortiz mandou a seguinte mensagem: ‘A verdade virá a tona. Não estou cedido. Tenho meu direitos funcionais amparados em legislação de pessoal. Atualmente encontro gozado de licença prêmio requerida deferida pelo Presidente do Poder Legislativo e publicado no Diário (sic) até o dia 04 de dezembro.’ 

O assessor não justificou a veracidade das provas anexadas.

Parte de conversa de Marcelo Ortiz com eleitor / foto: reprodução

 

Conclui-se, portanto, que o coordenador de campanha busca os eleitores oferecendo benesses de todo tipo visando, evidentemente, angariar votos para a candidata Viviane Orro, o que configura flagrante captação ilícita de sufrágio – trecho da representação

Por fim, a representação pedida pela coligação ‘O Trabalho Continua’, de Odilon Ribeiro (PSDB), pede que a Justiça eleitoral ‘determine a busca e apreensão do celular do coordenador de campanha Marcelo Ortiz’, e a cassação do registro de candidatura da candidata Viviane Orro e de seu vice, Raimundo Pinheiro. O processo tramita na 10ª Zona Eleitoral de Aquidauana.

O outro lado – A assessoria da candidata, enviou a seguinte nota oficial ao site de notícias: ‘sobre o assunto questionado a candidata Doutora Viviane afirma que ainda não houve notificação sobre a denúncia. Assim que houver a notificação será feita uma análise pelo jurídico da campanha e prestados todos os esclarecimentos’.