O técnico Vagner Mancini reconheceu a má atuação do Corinthians na goleada sofrida por 4 a 0 para o Palmeiras, na noite desta segunda-feira(18), no Allianz Parque, e afirmou que a derrota no Dérbi “dói demais”.

Apesar de admitir problemas individuais e coletivos, Mancini tentou evitar um cenário de terra arrasada após o clássico. Para ele, o que houve foi um “acidente de percurso”.

– Após o jogo do Flamengo (derrota por 5 a 1), eu disse que seria um divisor de águas e acabou sendo. Depois tivemos uma derrota para o América-MG e partir daí a equipe rendeu o esperado. Hoje classifico também como acidente de percurso. O Palmeiras jogou o seu futebol, o Corinthians que esteve muito abaixo e foi sacrificado com alguns gols que normalmente nossa equipe não vem tomando, e isso acabou beneficiando o Palmeiras. Temos que entender e enxergar o cenário, é mais um divisor de águas para que a gente reajuste a equipe. Vi um Corinthians distante em concentração, em comprometimento no que é o nosso forte que é o sistema ajustado e organizado, por isso sofremos – analisou o treinador, antes de prosseguir:

– Levamos o segundo gol muito no final do primeiro tempo e o terceiro muito no começo do segundo tempo, o que contribuiu para que as coisas ficassem mais difíceis. Num clássico onde você joga e sabe que do outro lado é um rival, tem que estar atendo a tudo na partida, nossa leitura de jogo demorou muito. Até iniciamos bem, mas ao longo do jogo ficamos bem distantes do que temos visto nos jogos do Corinthians – analisou.
Em entrevista coletiva, o comandante alvinegro também comentou o clima no vestiário alvinegro após a partida. Sem citar nomes, Mancini contou que houve cobranças entre os atletas.

Com a derrota no Dérbi, o Corinthians fica na nona colocação do Brasileirão, com 42 pontos, oito a menos que o Grêmio, sexto colocado, e cinco atrás do Fluminense, que é o sétimo.

(Fonte: Globo Esporte)