Nioaque foi a primeira cidade sul-mato-grossense a decretar situação de emergência pelo grande volume de chuvas

O acumulado de chuva registrado nos últimos dias em Mato Grosso do Sul vem deixando autoridades municipais e estaduais em alerta. Segundo o meteorologista Nathálio Abrãao, a previsão é de manutenção das áreas de instabilidades para os próximos dias no Estado.

“Tem ainda muita chuva a ocorrer, e por certo mais algumas localidades também terão 500 mm, assim como Corumbá que já registra três vezes mais volume de chuva do que o esperado para o mês que era de 145,4mm”, alertou.

Na terça-feira (19) Nioaque foi a primeira cidade sul-mato-grossense a decretar situação de emergência pelo grande volume de chuvas, 510 milímetros registrados em apenas quatro dias, e que provocaram enxurradas, alagamentos e inundações na cidade. Cerca de 60 pessoas foram desalojadas.

Outras regiões em estado de observação pelas autoridades são Coxim, Miranda e Bonito. Diante das condições já registradas e das estimadas para os próximos dias, a população que reside em municípios com históricos de alagamentos precisa ficar atenta.

A principal orientação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedesc) é não esperar que a água ofereça risco as famílias. “Se a água começar a invadir a residência é importante buscar abrigo imediatamente e entrar em contato com a Defesa Civil municipal. A vida é prioridade. Bens materiais podem ser recuperados”, pontua o subtenente Antunes.

A Defesa Civil de Mato Grosso do Sul possui um serviço gratuito para envio de alertas de desastres naturais. Para aderir, envie mensagem de texto para o número 40199 com o CEP da residência. A partir desse cadastro, o telefone e o endereço serão automaticamente incluídos na lista de envio dos alertas sempre que houver risco de desastres naturais na região indicada.

Previsão

Áreas de instabilidade continuam ativas causando mais chuva forte nas próximas 48 horas em Mato Grosso do Sul. Pelo menos até esta quinta-feira (21) o Estado terá muita nebulosidade e pancadas de chuva podem acontecem a qualquer hora. Também há risco de chuva forte em todas as regiões. A previsão é do Climatempo.

Fonte: Governo de MS