A Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) resgatou uma cadela após denúncia de abuso sexual e maus-tratos por parte do dono dela, no Jardim Morenão, em Campo Grande. O caso foi registrado nesta semana.

Em vídeo postado em suas redes sociais, o delegado Maércio Alves Barbosa, responsável pela investigação, contou que várias denúncias sobre o caso chegaram à delegacia. Com apoio de uma veterinária, a equipe foi imediatamente até a casa e resgatou o animal.

A cadela passará por exames para identificar se a situação procede. Procedendo, o autor será responsabilizado por crime ambiental de acordo com a lei 9605.

A pena para esse tipo de crime varia de dois a cinco anos de prisão, multa e proibição da guarda.

Fonte: Campo Grande News