Vereadores de Ribas do Rio Pardo, município distante 97 quilômetros de Campo Grande, votam às 19h desta terça-feira (6) pedido de investigação contra o prefeito João Alfredo (PSOL).

A denúncia foi feita em 30 de março deste ano, pedindo instauração de comissão para apurar acusação de uma infração político-administrativa na execução de um contrato entre prefeitura e clínica médica, o que poderia caracterizar crime de responsabilidade.

Segundo apurou o jornal Rio Pardo News, a então secretária municipal de Saúde, Carolina Bergo Domingues, contratou o próprio estabelecimento médico por R$ 567 mil. A acusação feita baseia-se, portanto, na possibilidade do atual chefe do executivo municipal estar envolvido nisso.

O pedido será lido e discutido antes da votação, que requer maioria simples dos votos dos parlamentares presentes. Caso seja recebida, será formada uma Comissão Processante, formada por três vereadores aleatórios. Porém, se for rejeitada, o caso será arquivado.

 

Fonte: Campo Grande News