Reprodução/Facebook com autorização

Travesti Shaila Vório, 44 anos, foi surrada por dois homens, na madrugada de quarta-feira (8), no Porto Geral, em Corumbá. Nesta quinta-feira (9), ela passou por exame de corpo de delito.

Conforme o relato de Shaila, ela estava em um carro, com mais quatro amigas. Por volta das 4h30, o veículo parou no Porto Geral e todas foram beber. Nesse momento, ela foi chamada por uma amiga que já estava no local, acompanhada do marido e dois amigos.

‘’Eu fui cumprimentá-la. Neste momento, o marido dela, que também conheço, me deu uma chinelada de brincadeira na bunda’’, lembra Vório. No entanto, logo em seguida, os dois homens que acompanhavam o casal passaram deram chineladas fortes em Shaila e sem motivo algum.

‘’e ainda falaram: ‘sai daqui, travesti’. Eu disse: ‘ei, vocês estão loucos?’, e saí de perto deles, indo na direção do carro que estava”, relembrou a travesti.

Na sequência, narra a vítima, ela entrou no carro e pediu às amigas que deixassem o local. No entanto, um deles teria a agarrado pelo pescoço, tentando arrancá-la do veículo. Nesse momento as amigas de Shaila a defenderam.

‘’… mas o outro também veio e falava: ‘ele tem que virar homem. Tem que apanhar que nem homem’. Logo em seguida, o outro agressor jogou uma lata de cerveja que atingiu meu rosto e quando vi, a minha boca sangrava e dois dentes meus foram quebrados”, lamentou Shaila.

Ainda segundo o site, amigos e familiares de Shaila ficaram indignados, e exibiram as imagens da vítima após a agressão. Todos pedem que os suspeitos sejam punidos.

Fonte: TopMídiaNews