Sede da Defensoria Pública em Campo Grande. (Foto: Defensoria Pública de MS/Divulgação)

Terminam na quinta-feira (18), as inscrições para o processo seletivo para contratação de defensoras e defensores substitutos. Conforme o edital publicado pela Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, são sete vagas com salários de R$ 28.884,20.

Do total de vagas, cinco são para ampla concorrência e duas para candidatos negros, além de cadastro reserva. A taxa é de R$ 250. O certame é organizado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), junto com a Defensoria. As provas serão aplicadas em Campo Grande.

O concurso é composto por cinco etapas: a primeira e a segunda etapas executadas pela FGV e as demais pela Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul, por sua Comissão de Concurso.

Os candidatos passarão primeiro pela prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório e, em seguida, por duas provas escritas subjetivas, ambas também de caráter eliminatório e classificatório, sendo a primeira composta de 10 questões teóricas e a segunda, de duas peças jurídicas.

Depois, a Comissão de Concurso montada pela Defensoria Pública fará a investigação social do candidato, que pode ser eliminado e, por último, realizará provas orais, de caráter eliminatório e classificatório. A quinta e última etapa, é a avaliação dos títulos, apenas classificatória.

Mais informações no edital clicando aqui.

Fonte: Campo Grande News