A Polícia Civil investiga caso de homem que se passava por uma freira para realizar procedimentos religiosos e cirúrgicos em pelo menos três cidades da região Vale do Itajaí, em Santa Catarina.

Além disso, a polícia investiga o envolvimento de oito pessoas no esquema.

De acordo com o G1, na sexta-feira (19) houve o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão em Timbó, Blumenau e Ibirama. Não houve prisões. Segundo o delegado André Beckman, suspeitos poderão responder pelos crimes de associação criminosa, curandeirismo e exercício ilegal da medicina.

Foram apreendidos objetos utilizados pela personagem durante os atendimentos e também cerca de R$ 2,8 mil em espécie. A justiça determinou, a pedido da polícia, o bloqueio de quatro veículos de luxo.

Os bens ficarão retidos até que a investigação aponte se eles foram ou não comprados com a prática dos atendimentos ilícitos.

Fonte: TopMídiaNews