Nesta quinta-feira (13), ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil (Mapa), Tereza Cristina irá visitar regiões atingidas pela seca em Mato Grosso do Sul.

Conforme divulgado à imprensa, a titular do ministério vai se reunir com lideranças da produção rural em Naviraí, assim como em outras localidades do país que foram afetadas pela estiagem, como: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná .

Na semana passada, o ministério disse que iria avaliar a possibilidade de intermediar prorrogação do pagamento das dívidas dos produtores com instituições financeiras, e estudar a disponibilidade de um apoio de crédito aos agricultores devido aos prejuízos causados pela seca.

Para isso, seria feito um levantamento pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), sobre os impactos causados aos produtores e o índice de perdas.

A medida foi divulgada um dia depois que o governador do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB), decretou situação de emergência para Mato Grosso do Sul, na terça-feira (4).

Com a resolução, o governo do Estado se comprometeu a auxiliar e viabilizar recursos para reduzir as perdas. Desta forma, os produtores podem acionar seguros, ampliar o pagamento de dívidas e até mesmo solicitar renegociações.

Estiagem

Em dezembro, o clima foi impactado fortemente pelo fenômeno La Niña, que provocou seca no Estado, com volume de chuvas abaixo do esperado para o período, o que resultou em perdas das colheitas.

Fonte: Correio do Estado