Homem de 30 anos foi identificado pela Polícia Civil de Miranda como autor de estelionato a um estabelecimento comercial da cidade no último dia 11 de janeiro. O autor já havia sido preso preventivamente por furto qualificado mediante abuso de confiança, e agora responderá por estelionato.

Identificado apenas pelas iniciais W.S.C., o homem comprou diversos materiais de pesca no comércio e, no momento do pagamento, apresentou um comprovante falso de transação por PIX.

O proprietário do comércio lesado registrou boletim de ocorrência e em seguida a equipe da SIG (Setor de Investigações Gerais), da delegacia de Miranda, começou as investigações até determinar a autoria do crime e também localizar onde os bens adquiridos estavam escondidos. Estes foram restituídos à vítima.

Fonte: Campo Grande News