Caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia - Divulgação

Uma indígena de 25 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia, após ser ameaçada pela tia de 33 anos, por conta de uma herança. A vítima é moradora da Aldeia Tereré e quase foi atropelada pela mulher, quando estava indo para o trabalho.

Conforme o boletim de ocorrência, a jovem relatou que a tia teria a ameaçado, dizendo que iria pegá-la no trajeto de seu trabalho, pois sabia seus horários. Na terça-feira (21), a vítima disse estar no caminho do trabalho, momento em que sua tia jogou o veículo de cor preta em cima dela, com intuito de atropelá-la, enquanto ela atravessava a rua.

Ela teria buzinado e gritado. A sobrinha informa que se escondeu próximo a outro carro estacionado para desviar da autora, que saiu do local em seguida.

A jovem ainda informou que os motivos da desavença são relacionados a um terreno que recebeu de herança. Caso segue sendo investigado pela Polícia Civil. (*Com informações do Mídia Max)