Pedido da prisão de PMs do Choque revoltou tropa e assustou moradores - Henrique Arakaki/Mídia Max

Após o pedido de prisão do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) contra policiais militares, muitos internautas começaram a utilizar imagem do símbolo do Choque com os dizeres “sempre será bem-vindo no meu bairro!”.

Reportagem publicada nesta quarta-feira (22) repercutiu o pedido de prisão contra policiais militares, caso realizem policiamento no Jardim Aeroporto e na Vila Popular, bairros da região oeste de Campo Grande.

Foto que passou a ser postada por muitos moradores – Reprodução

Inclusive, nesta quinta-feira (23), o presidente da ACS PMBM MS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Fabrício de Carvalho Moura, irá se reunir com membros da ASMMP (Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público).

Presidente da ACS publicou, na redes sociais, que haverá a reunião. O caso veio à tona, após um casal suspeito de atuar no tráfico de drogas acusar os policiais de abuso e agressão. A ocorrência começou quando os policiais do Choque realizaram abordagem ao casal. Eles acabaram na casa da família, que acusou os policiais de abuso e agressão. Segundo o relato do casal, havia crianças na casa e os policiais do Choque foram violentos.

A Auditoria Militar não acatou o pedido, mas aplicou medidas que restringem temporariamente a ação dos quatro servidores públicos estaduais da segurança pública na região. (*Com informações do Mídia Max)