Andrés nega mudar oferta do Corinthians por Ralf: ‘Se não fechar, que seja feliz’

22

Esporte Interativo

Superintendente alvinegro revela que o clube recusou contraproposta dos agentes do volante para renovar e coloca dois anos como tempo máximo de vínculo

A permanência do volante Ralf no Corinthians após o final do contrato, que se encerra em dezembro, parece ter ficado um pouco mais complicada. Apesar de demonstrar otimismo com o acerto, o superintendente de futebol Andrés Sanchez, negou, em participação no canal “Sportv”, a possibilidade do clube mudar a oferta já apresentada ao estafe do jogador.

Um dos pontos que mais foram alvo de especulação nas conversas entre as partes foi o tempo de contrato. Com 31 anos de idade, o volante teria intenção de assinar, no mínimo, por mais dois anos com o Timão, prazo máximo estabelecido pelo dirigente.

“Mais de dois anos o Corinthians não aceita (…). Nós fizemos uma proposta para o Ralf há dez dias. Os empresários dele pegaram a proposta, estão negociando e fizeram uma contraproposta que o Corinthians não aceita. Acredito que nas próximas semanas o presidente vai acertar. Agora se não for o que o clube está enquadrado para fazer… a gente quer que ele fique e ele quer ficar e isso é um grande passo, mas se não fechar, ele que seja feliz onde quiser”, definiu.

Ralf é um dos mais antigos atletas do atual plantel corintiano, mas mesmo assim, o histórico não será mais levado em conta do que a situação financeira do clube, assim como foi feito com o atacante Paolo Guerrero, como exemplificou Sanchez.

“Para o Ralf é igual. O Guerrero bateu o pé pelo fato de ter uma proposta melhor (do Flamengo). O Corinthians não quis igualar e ele foi ser feliz. Nós queremos que o Ralf continue. O Ralf quer continuar. Mas se não for o que o Corinthians quer, ele que seja feliz e obrigado por tudo que fez na sua passagem pelo Corinthians”, opinou.

Após sua chegada, em 2010, o camisa 5 do Timão conquistou cinco títulos: Campeonato Brasileiro (2011), Taça Libertadores e Mundial de Clubes (2012), Paulistão e Recopa Sul-Americana (2013). Ralf já tem 349 atuações e oito gols pelo Alvinegro.

Foto: Divulgação