Bancada Federal destina recursos para várias áreas do Estado do MS

92

Deputados federais e senadores por Mato Grosso do Sul enviam recursos de emendas parlamentares, além de aportes do Governo do Estado, que juntos somam R$ 702,6 milhões e que serão para as áreas de Saúde, Educação, Infraestrutura, Assistência Social, Cultura, Segurança Pública, Esporte e Cidadania aos 79 municípios do Estado.

Deste total, cerca de R$ 366,4 milhões correspondem à emenda de bancada, outros R$ 180,3 milhões são de emendas individuais dos parlamentares e R$ 43,7 milhões de emendas de comissões. Já a contrapartida estadual é de R$ 112,1 milhões, investimentos fundamentais para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos do Mato Grosso do Sul. Os recursos foram disponibilizados por aproximadamente por meio de 80 emendas parlamentares.

O anúncio destes investimentos foi feito na última sexta-feira (5) em evento no Centro de Convenções Gil Carlos de Camillo, com a presença do governador Eduardo Riedel, secretários estaduais, representantes da bancada federal, deputados estaduais, prefeitos e vereadores.

“Hoje é dia de celebrar e ratificar uma relação que a bancada federal do Mato Grosso do Sul construiu, não só com o executivo estadual, mas com os municípios dentro daquele princípio do municipalismo. A nossa palavra é de gratidão por trabalharmos nessa convergência em relação aos objetivos do nosso Estado, como nós fizemos na semana passada na Assembleia Legislativa com as emendas estaduais, que foram de R$ 72 milhões. É um volume altamente expressivo”, afirmou o governador.

O coordenador da bancada federal, o deputado Vander Loubet destacou o esforço em conjunto com os colegas parlamentares e ainda elogiou as verbas destinadas para a área social e o trabalho realizado para atender os pedidos da Santa Casa de Campo Grande, que representou na solenidade todas as entidades sociais de Mato Grosso do Sul. “Esses recursos não tem cor partidária, isso é obrigação do Estado”, salientou.

O evento contou com a presença do vice-governador José Carlos Barbosa (Barbosinha), do Presidente da Assomasul e prefeito de Nioaque, Valdir Couto Júnior, do senador Nelsinho Trad, os deputados federais Beto Pereira, Dagoberto Nogueira e Geraldo Resende, os secretários Eduardo Rocha (Casa Civil) e Rodrigo Perez (Segov), além de prefeitos e secretários estaduais.