Charge – Coffee Break

29

O vice-prefeito afastado Gilmar Olarte está nas dependências do Presídio Militar Estadual (PME). Ele é um dos investigado dentro da Operação Coffee Break, que investiga a compra de votos de vereadores para a cassação do prefeito Alcides Bernal. O desembargador Luiz Cládio Bonassini da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) aceitou o pedido de prisão de Olarte, após um pedido do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco)

(Charge: Emmanuel Merlotti)