Movimento popular quer reduzir salários de vereadores da Capital

30

Impedir que, a partir de 2017, o salário de cada vereador passe a ser de R$ 20 mil conforme os vereadores aprovaram em dezembro do ano passado, é o principal objetivo de uma movimento popular que coletou assinaturas.

O documento, com as assinaturas colhidas na praça do Rádio Clube, solicita a redução do salário dos vereadores de Campo Grande e será protocolado na Câmara Municipal nesta semana .

A reivindicação é para que o salário dos vereadores, que atualmente é de R$ 15.031,00, tenha como base o grau de escolaridade, presença nas sessões e projetos apresentados por cada parlamentar na Casa de Leis.

De acordo com Dênis Pereira da Silva, que trouxe o movimento em nível nacional para a Capital, a luta é para que 90% dos vereadores que possuem nível médio passem a receber de R$ 1.500,00 a 2.500,00, e 78% que possuem ensino superior, recebam de R$ 3.300,00 a 5.300,00, levando em consideração a exigência que o mercado de trabalho faz à população ao oferecer uma vaga de emprego. O desafio maior é “ter a votação favorável dos próprios parlamentares na redução do salário mensal”.

A matéria completa você lê na edição de amanhã (21), do JNE.

Cristina Viduani
Foto: CMCG