Parada da Diversidade e Cidadania LGBT é realizada hoje na Capital

38

Por Ligia Baraldi

Está sendo realizada hoje (14), a XIV Parada Diversidade e Cidadania LGBT/Show da Diversidade na Praça Ary Coelho em Campo Grande. Pelo decimo quarto ano seguido a parada é celebrada na capital.

O tema escolhido esse ano foi “Temos Família e Orgulho”, devido ao radicalismo do estatuto da família, projeto que propõe regras jurídicas para definir quais grupos podem ser considerados uma família perante a lei, eliminando gays e lésbicas.

Para a ex-presidente da Associação das Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul (ATMS), Cris Stefanny, o Brasil tem sofrido um retrocesso nas questões políticas referentes aos direitos LGBT. “A gente está vivendo um momento onde o fundamentalismo religioso além de ter crescido bastante ele está tentando retroceder uma série de questões que o próprio Supremo Tribunal Federal já reconheceu. Eles estão querendo ir contra o maior poder hoje no país que é o STF”, afirma.

Cris Stefanny saiu da presidência da associação para assumir o cargo de coordenadora de Políticas Públicas LGBT do município. Ela é a primeira travesti a assumir um cargo no executivo municipal em toda a história política de Mato Grosso do Sul.

Estes eventos, por primarem pela realização de diversas ações sociais, culturais e de saúde pública para o público em geral passaram a fazer parte da agenda oficial do estado. Tais eventos se distinguem pelo caráter de utilidade pública, uma vez que solicitam a defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, além de incluir ações voltadas para cultura, à saúde e a prevenção das DST, HIV e Hepatites Virais.

As atividades sociais começaram às 8h na praça, onde será a concentração. O inicio da caminhada está marcado para as 15h30. O percurso inclui 14 de Julho, Cândido Mariano, 13 de Maio e Barão do Rio Branco. A festa termina com o Show da Diversidade, no retorno à Praça do Rádio.

Foto: Warren Nabuco