Polícias Civil e Militar desmantelam quadrilha que assaltou loja de celulares em Aquidauana

36

Quatro pessoas foram presas nesta terça-feira, 03, em Aquidauana, por roubo a uma loja de celulares da Vivo na Rua Manoel Antonio Paes de Barros. A ação envolveu equipes das Polícias Civil e Militar. Bruno Marcelo Lima de Souza Silva, 18 anos e Douglas Gabriel Silva Gomes, 20 anos anunciaram o assalto no local. Já Amelia Dias Quintana, 41 anos e Adriana Flores dos Santos, 34, teriam dado cobertura a dupla, buscando uma das motocicletas utilizadas no assalto.

Moto vermelha utilizada no assalto e a moto preta utilizada pelas mulheres

De acordo com informações levantadas pelo JNE, Bruno e Douglas entraram na loja e com uma arma de fogo anunciaram o assalto, onde cada um com uma mochila subtraiu diversos aparelhos celulares das marcas Moto G, Moto E, LG, Samsung e iPhone. Populares viram a ação e acionaram a Polícia Militar, que de imediato prendeu Bruno próximo ao Pirizal, em posse de uma mochila com 18 celulares. Retornando a loja, as vítimas reconheceram o acusado e disseram que ele e seu comparsa deixaram um saco preto para trás com mais aparelhos, pois se assustaram com a movimentação policial.

Bruno fugindo a pé das equipes policiais

Bruno disse que agiu na companhia de Douglas, que veio de Campo Grande, a mando de Everton Macena Silva de Souza, 24 anos, o “Everton Bebê”. Douglas havia se evadido do local em uma motocicleta cor vermelha, com a arma utilizada no assalto e uma outra mochila com mais celulares, no sentido do córrego João Dias. Os militares então, com apoio de investigadores da Polícia Civil, saíram em busca dos demais suspeitos, onde prenderam Douglas com a arma do crime, uma calibre .22 e mais nove aparelhos celulares.

Bruno Gabriel ainda contou para os policiais que a arma pertence a Éverton Bebê e que este o “recrutou” de Campo Grande, para ir até Aquidauana, cometer o crime. Ele inclusive foi buscar o jovem na rodoviária no dia 01 de março e deu todo suporte com “alimentação e estadia”.

Amelia e Adriana ficaram responsáveis por “resgatar” a motocicleta Honda/Fan 125 vermelha, que Bruno abandonou em uma mata, às margens do Rio Aquidauana e foram flagradas pelas equipes policiais, onde foram presas. Também foi apreendida uma Yamaha/Factor de cor preta, que foi utilizada por Amelia, onde esta levou Adriana para buscar a moto utilizada no assalto. Os criminosos ainda tentaram adulterar os números da placa da motocicleta com uma fita isolante.

Placa adulterada com fita isolante

O “quarteto” foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana e poderão responder por roubo, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. A polícia agora procura por Everton Bebê, que segundo os colegas do crime, articulou toda a ação de roubo.

Douglas no momento da prisão

A informação por parte de um consultor de vendas de celulares é que, mesmo se os assaltantes tivessem êxito na ação, por um lado poderia ser em vão, já que as lojas de aparelhos celulares tem controle dos Imei’s de série de cada aparelho que está a venda, portanto, caso aconteça furto ou roubo, a empresa pede o bloqueio desses Imei’s na Anatel e os celulares na rede, não dá sinal, não dá para habilitar.

Bruno foi o primeiro a ser preso. Ele completou 18 anos no dia 11 de janeiro

As forças policiais estão a procura de Everton Bebê, que ainda se encontra “na atividade”

Foto Capa: Facebook/Wilson Ferreira