Puccinelli, Giroto, Amorim e Baird prestam depoimento sobre “Lama Asfáltica” no MPE

26

O ex-governador André Puccinelli (PMDB), prestou depoimento hoje (30), no Ministério Público Estadual (MPE) para os promotores responsáveis pelas investigações da operação Lama Asfáltica. Esta foi a primeira vez que Puccinelli comparece ao prédio do MPE. No início de setembro ele foi ouvido pelo Gaeco.

Informações ainda não confirmadas dão conta de que, no âmbito das investigações da operação Coffee Break, Puccinelli aparece como testemunha, mas na Lama Asfáltica ele seria réu.

Também prestaram depoimento hoje o ex-secretário estadual de Obras e ex-assessor do Ministério dos Transportes, Edson Giroto e o empreiteiro João Amorim, dono da Proteco, e ainda o empresário João Baird, proprietário da Itel , foram ouvidos pelos integrantes da Força Tarefa no Ministério Público Estadual responsável pelas investigações Operação Lama Asfáltica, consta que ele também viajou várias vezes na aeronave de Amorim e Baird, o que se configuraria “vantagem indevida”.

Os depoimentos já são desdobramentos das investigações da Lama Asfáltica, que foi deflagrada no dia 9 de julho deste ano, Giroto foi um dos alvos. Na casa dele, a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU), cumpriram mandado de busca e apreensão. A Força Tarefa criada pelo MPE, que ouviu os depoimentos, é coordenada pelo promotor Thalys Franklyn de Souza.

Da Redação
Foto: Reprodução/Internet(sem autoria)